quarta-feira, 2 de junho de 2010

Reverência no culto ao SENHOR


Leitura: Hb 12.18-29


Vocês não foram como o povo de Israel. Vocês não chegaram perto de alguma coisa que se pode tocar, como o monte Sinai com o seu fogo destruidor, a escuridão e as trevas, a tempestade, o barulho de trombeta e o som de uma voz. Quando os israelitas ouviram a voz, pediram que ela não dissesse mais nada, pois eles não podiam suportar a ordem que dizia: “Até um animal, se tocar o monte, deverá ser morto a pedradas. O que estavam vendo era tão terrível, que Moisés disse: “Estou tremendo de medo! Pelo contrário, vocês chegaram ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial com os seus milhares de anjos. Vocês chegaram à reunião alegre dos filhos mais velhos de Deus, isto é, daqueles que têm o nome deles escrito no céu. Vocês chegaram até Deus, que é o juiz de todos, e chegaram também aos espíritos dos que são corretos e que foram aperfeiçoados. Vocês chegaram até Jesus, que fez a nova aliança e que borrifou o sangue que fala de coisas muito melhores do que o sangue de Abel. Portanto, tenham cuidado e não recusem ouvir aquele que fala. Aqueles que recusaram ouvir a pessoa que entregou a mensagem divina na terra não puderam escapar. Por isso muito menos escaparemos nós se rejeitarmos aquele que lá do céu nos fala. Naquele tempo a voz de Deus fez com que a terra estremecesse, mas agora ele prometeu isto: Mais uma vez farei com que trema não somente a terra, mas também o céu. As palavras “mais uma vez” mostram bem que as coisas criadas serão abaladas e mudadas, para que as que não podem ser abaladas continuem como estão. Por isso sejamos agradecidos, pois já recebemos um Reino que não pode ser abalado. Sejamos agradecidos e adoremos a Deus de um modo que o agrade, com respeito e temor. Porque, na verdade, o nosso Deus é um fogo destruidor.”


No Brasil, observamos um forte crescimento no número de membros das igrejas, em todas as denominações. E com isso também crescem os problemas. Hoje, as igrejas têm vivido problemas semelhantes. É comum ouvirmos pastores comentando que os membros estão dispersos, que conversam durante o culto, a falta de disciplina por parte até mesmo daqueles que atuam como líderes dentro da Casa de Deus.

Alguém já ouviu falar em ordem e decência? Na Bíblia encontramos essa frase poderosa que diz que o culto deve ter ordem e decência. Não é uma frase de efeito solta no meio da Bíblia. Pelo contrário, ela mostra exatamente como deve ser um culto a Deus.


Vivemos na era da irreverência. Tudo pode ser zombado, satirizado e distorcido. Há uma urgente necessidade de resgatarmos o respeito e reverência para com Deus e Sua palavra.


O que vem a ser essa palavra: reverência?


Re.ve.rên.cia sf (lat reverentia) 1 Ação de reverenciar. 2 Respeito às coisas sagradas. 3 Movimento do corpo para saudar especialmente aos santos, o qual consiste em inclinar a cabeça e o corpo ou dobrar um pouco um ou ambos os joelhos. 4 Tratamento dado aos sacerdotes. 5 Acatamento, respeito, veneração. 6 Atenção, consideração. Antôn (acepções 2 e 5): irreverência.*


Por que ter reverência?



Porque Deus É SANTO (Sl 111.9-10; Ap 15.4; Is 6.3; 40.25). Se estamos na presença de um Deus Santo, o momento é de respeito (Ec 5.1). A visão da santidade de Deus proporcionou a Isaías uma idéia de sua própria pecaminosidade (Is 6.1-5).


Sendo o nosso Senhor Santo a sua casa é santa (Sl 93.5). O Lugar onde Deus está se torna santo (Ex 3.4-5; Js 5.15). Muitos estão agindo como Jacó, ignorando a presença divina onde estão (Gn 28.16,17).


O mesmo temor e reverência a Deus exigido no AT, são requeridos da igreja No NT. A Bíblia nos ordena que sirvamos ao Senhor em reverência (Hb 12.18-29). As igrejas eram edificadas andando no temor do Senhor (At 9.31). Pedro nos recomenda: “Andai em temor na vossa peregrinação” (1Pe 1.17)


Dar toda a nossa atenção ao Senhor no momento do culto?


Devemos estar no culto com toda a nossa atenção voltada para o Senhor. A nossa atenção geralmente está presa à importância que damos às coisas. Quando valorizamos, prestamos muita atenção. Ex.: TV, internet, conversa com os amigos, etc. Dentro desse raciocínio responda; O que te leva a não dar atenção nos cultos ao Senhor? A presença do “convidado principal da festa” como você diz ou canta está sendo valorizada ou ignorada? Quando mostramos reverência, o inimigo é envergonhado (Tt 2.7,8). Quando não, envergonhamos a igreja (1 Co 11.22).


Não há dúvida de que se amarmos a Deus, teremos reverência, e reverência significa mais do que dar louvores ou ajoelhar-nos quando oramos. Na verdade, não podemos reverenciar a Deus sem obedecer-Lhe. Muitos aceitam facilmente a Jesus como salvador, mas nem todos querem aceitá-Lo como o Senhor de suas vidas (Ec 12.13; 1 Jo 2.4; Jo 14.21)


Saiba que é possível mudar essa situação, e não depende do pastor ou de qualquer outro líder. Só depende de você. Pense: a igreja é um lugar onde buscamos adorar e cultuar a Deus, mas também é um lugar de refúgio onde a presença de Deus nos alivia das preocupações, ajudando-nos com os problemas que o mundo secular nos impõe diariamente.


Entenda uma coisa: Deus dá o primeiro passo, indicando a forma como Ele, deve e quer ser adorado (Êx 29.38-46). O modo aceitável de adorar ao verdadeiro Deus é instituído por Ele mesmo e limitado pela sua vontade revelada, que não deve ser modificado por adorações segundo imaginações e invenções humanas ou sugestões de satanás nem sob qualquer outra maneira não prescrita nas Escrituras. Isso significa que toda criatividade humana deve estar submetida ao Espírito Santo. (Jo 15.26); (Jo 4.23-24)


Não devemos sair da posição que fomos orientados a ficar nela (Jr 35.1-8)

Um exemplo de pessoas que saíram da posição e encontrada em Mateus 20: 12-13, quando Jesus entrou no templo e expulsou os que ali vendiam e compravam e disse: “A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a transformais em covil de salteadores”. Está claro que Jesus Cristo estava tentando corrigir o problema e mostrou que é necessário que haja ordem na casa de Deus.


Assim, nada mais justo do que manter um comportamento digno de um servo de Deus, prestando atenção para que o culto tenha ordem e decência e que a reverência a Deus, dentro da casa dEle, seja um exercício constante. Medite em Habacuque 2: 20, que diz: “O Senhor, porém, está no seu santo templo; cale-se diante Dele toda a terra”.

Tenha bem definido em seu intelecto: Culto a Deus não se assiste - se presta. Quem só assiste o culto é o visitante não cristão. É o seu caso? Não? Então você não assiste culto, mas você presta culto a Deus!

Não podemos nos acostumar com o culto na Casa de Deus (Templos) e banalizá-lo. Observe:


· Nadade e Abiú banalizaram e foram fuminados.


· Hofini e Finéias banalizaram e macularam. Perderam a arca e morreram


· O povo de Israel no deserto banalizou a presença da nuvem de dia e da coluna de fogo a noite e murmuram morrendo no deserto.


Orientações para os crentes


· Não esperar o culto começar para depois entrar na igreja.


· Não sentar na extremidade de um banco desocupado, de maneira a impedir a entrada de outros, nem ficar mudando de lugar. O primeiro ponto tira a sua atenção e no caso da mudança de lugar chama a atenção dos outros participantes do culto.


· Não entrar e nem se retirar durante uma oração ou leitura bíblica. Se tiver de entrar depois do inicio do culto, não parar para cumprimentar, entrar discretamente e tomar ali mesmo a resolução de não se tornar um retardatário habitual.


· Não ficar conversando na entrada ou nas dependências da igreja durante o culto nem passe o culto inteiro reclamando.


· Não sentar-se sem orar. Principalmente se for uma pessoa que exerça cargos na igreja.


· Não interromper a oração para dar alguma informação ao orador nem para passar.


· Não ficar de olhos abertos durante uma oração observando.


· Não movimentar-se. A oração é atividade básica da igreja (Mt 21.22; At 1.14).Os pais devem manter o controle de suas crianças, dando água e levando ao banheiro em casa. Evitar movimentação durante o culto, mesmo para resolver assuntos da igreja.


· Na hora da leitura da Bíblia, momento solene, de pé, sem movimentação e conversas. Durante a pregação, mostrar concentração e atenção reverente. (Ne 8.1-6). Não se deve ler a Bíblia em outro texto enquanto o preletor faz a exposição da Palavra.


O que acontece no culto cristão:

1. O povo de Deus se reuni para a adoração. Uma das mudanças mais significativas da cultura pós-moderna é a inversão que vem acontecendo na forma da celebração do culto. A razão de ser do culto é Deus. Reunimo-nos para adorá-lo; esta é a nossa condição básica como seres criados por Deus e para Deus. Somos seres adoradores. Porém, é visível a natureza cada vez mais antropocêntrica dos cultos modernos. Daí a quebra da reverência. Não estamos mais diante de Deus para adorá-lo, mas diante de um programa, uma atividade religiosa, cujo fim somos nós e não Deus”.(...)

2. Proclamamos a majestade do Senhor e seus feitos em nossas vidas através do nosso sacrifício de louvor (Hb 13.15) e declaramos a nossa esperança nas promessas que ainda se cumprirão.

3. A Palavra de Deus é aberta e ensinada, fortalecendo a nossa fé, firmando a nossa esperança, despertando em nós o amor divino e abrindo o caminho para o serviço enquanto aguardamos a sua vinda.

O culto é uma entrega.

No culto trazemos (e entregamos) um coração contrito, grato, humilde assim como as nossas ofertas e apresentamos tudo junto no altar de Deus. Para isso preciso estar concentrado nessa entrega que vou fazer. Necessito chegar antes do culto para sossegar minha alma, se possível, evito conversas antecipadas nem fico aflito procurando pessoas para dar recados. Meu corpo também deve sossegar e, em silêncio e oração, procuro realmente estar presente perante Deus naquele lugar de adoração.

No culto também devo permitir que os que ministram a mim possam, com a ajuda do Espírito Santo, me ajudar a conduzir meus sentimentos e entregá-los ao Pai. Às vezes você chega ao culto a fim de coisa alguma. Isso realmente acontece, mas se esforce e o Senhor honrará o seu esforço e derramará da sua graça sobre ti e você irá para casa cheio da presença de Deus.

Precisamos aprender com Maria a essência da reverência. Você se lembra o que ela falou ao anjo? Respondeu Maria: “Eis aqui a serva do Senhor; que se realize em mim tudo conforme a tua palavra”. (Lc 1.38ª)

Leia também: Ap 4.10-11 / Ap 15.3-4

Tenhamos reverência na presença do Rei da Glória e prestemos cultos dignos de verdadeiros adoradores.





2 comentários:

  1. parabens, bela mensagem, estava precisando para passar os inrreverentes da minha congregção

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a mensagem, muitos deveriam procurar mais e fazer da internet um canal de bençãos e ensinamentos, e não só facebook, twiter,....
    a Paz do SENHOR, Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir

Graça e Paz de Cristo!
É muito bom e importante ter você comentando minha postagem.
Deixe seu contato de e-mail para que eu possa te responder e agradecer.
Que Deus continue te abençoando!
Fraternalmente,
Vladimir Calisto

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...